Últimas Notícias

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Resenha: Dom Casmurro

* Foto da série Capitu inspirado do livro (Globo)
Nome: Dom Casmurro
Autor(a): Machado de Assis
Preço: Melhor Preço
Editora: Martin Claret
Nota: ***** (excelente)
          Sinopse:
                    Machado de Assis (1839-1908), escrevendo Dom Casmurro, produziu um dos maiores livros da literatura universal. Mas criando Capitu, a espantosa menina de "olhos oblíquos e dissimulados", de "olhos de ressaca", Machado nos legou um incrível mistério, um mistério até hoje indecifrado. Há quase cem anos os estudiosos e especialistas o analisam sob todos os aspectos. Em vão. Embora o autor se tenha dado ao trabalho de distribuir pelo caminho todas as pistas para quem quisesse decifrar o enigma, ninguém ainda o desvendou. A alma de Capitu é, na verdade, um labirinto sem saída, um labirinto que Machado também já explorara em personagens como Virgília (Memórias Póstumas de Brás Cubas) e Sofia (Quincas Borba), personagens construídas a partir da ambiguidade psicológica, como Jorge Luis Borges gostaria de ter inventado.

          Resenha:
                    Bem, pelo que li de Dom Casmurro (apesar de ter feito uma prova de literatura e quase tive de ler o resumo da obra 30 vezes e não me casar), digo que esta sim é uma obra de romance mais bem criada de todos os tempos (desde 1899) e concordo com a sinopse acima. Analisar é perda de tempo. A obra propriamente dita "romancista", tem aspectos "realistas" e tem como principal característica dar ao leitor um final, ou seja, cada um vai ter um pesamento diferente de como toda essa história sobre Bentinho e Capitu poderia acabar (no caso do livro, a morte de Capitu e a solidão de Bentinho). Como sabemos, Bentinho (Bento Santiago) é o principal autor de sua própria vida, e conta desde quando resolveu se tornar "seminarista" como conheceu a linda e sedutora Capitu (Capitolina). E durante todo esse romance entre os dois, acontece aqueles típicos "barracos brasileiros", como por exemplo, todas as mulheres da cidade de R. de Matacavalos, cochichavam sobre a Capitu, dizendo que ela nunca seria uma boa pessoa e que o teria desvirtuado da missão dele na Terra como Padre. E no meio de toda essa "papagaiada", surge um boato de que Capitu teria um certo caso com Escobar (melhor amigo de Bentinho), e que tiveram um filho!. O que nunca foi provado, mas como Bentinho já tava com aquela fama... resolveu não assumindo o filho que se chamava Ezequiel, e acaba tenho uma briga com Capitu, fazendo-a ir embora junto de seu filho. Tempos depois Capitu morre e seu filho retorna para a cidade de Matacavalos, o que acaba sendo ignorado pelo pai (ou não), e tem como funeral uma doença que lhe leva a morte. Bentinho acaba queimando a casa onde morava para esquecer de tudo e acaba a história.
                    A história é tão bem descrita, que fica no ar a dúvida de que Capitu teria traído Bentinho ou não!. Quem vai saber? Só nós, que lemos e pensamos em finais diferentes para essa história tão bipolar.

2 comentários:

  1. Olá lindaa !
    Vim fazer uma visitinhaa e avisar do sorteio que está tendo no meu blog ,, dá uma passadinha por lá e participa . O premio é muito legal e você vai adorar !
    Bgs bgs ,, Katharine Santos ;*

    http://party-fucking.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que legal nunca tinha ouvido falar nesse livro "Dom casmurro" ;P
    -Estou te seguindo
    Flor, você lembra do Menina Capricho ?' então eu exclui ele por motivos pessoais e gostaria de saber se você poderia me ajudar com meu novo blog.:http://sweet-wordeland.blogspot.com.br/
    beeijos, agradeço se você seguir ele ;*

    ResponderExcluir

Faça um blogueiro feliz, deixe seu comentário :)

PS: Deixe o link de seu blog, assim poderei retribuir o comentário :)

 
Copyright © 2013 Muchachos Online
Traduzido Por: Template Para Blogspot - Design by FBTemplates